sexta-feira, 17 de abril de 2009

Dança do Ventre ou Dança Indiana?!

fotos: Google


Você sabe qual a diferença entre a dança indiana e a dança do ventre?! Achou que era tudo igual? Se achou que sim, você se enganou.

Este mês, pude vivenciar no Sesc a dança indiana. A professora Irani Cippiciani, muito séria, nos explicou a origem da dança indiana chamada "BHARATANATYAM"e a diversidade cultural da dança na Índia. E não poupou críticas à novela "Caminho das Indias".

De acordo com a professora, a Dança Indiana é dividida entre a Clássica e a Popular, o que traz muitas diferenças. A Dança Clássica é uma forma de arte antiga e sofisticada que se estende ao longo de vários séculos. Tem sua origem nos templos, como é o caso da BHARATANATYAM, e tem em sua forma traços mais lineares, com referências aos Deuses, construídos sobre uma tala (padrão rítmico executado pelos pés) muito complexa e precisa, além de muitas expressões faciais, que envolvem poesia e teatro. Já a dança popular permite movimentos mais ondulados, como alguns que aparecem na novela. Existem oito estilos na dança clássica e ínumeros estilos nas danças populares.

No caso da Dança do Ventre, seus movimentos são marcados pelas ondulações abdominais, de quadril e tronco, isoladas ou combinadas, ondulações de braços e mãos, tremidos e batidas de quadril, sexuais, eles valorizam as formas do corpo da dançarina. A dança de origem Árabe é mais fácil de ser encontrada, sendo executada de duas maneiras: para apresentação e para condicionar o corpo.

3 comentários:

Cá, disse...

A dança Indiana é fascinante!

A dança do ventre, já capenga pro lado erótico... muitoooo sensual!


=]


Adorei!

Anônimo disse...

mas a dança do ventre foi registrada na india antiga entre 7000 e 5000 a.C . As duas podem ser danças diferentes, mais teve origem no mesmo pais

Gabriel disse...

Olá, a Dança do Ventre teve origem no egito antigo. E teve passagem na India, não significa que surgiu lá.
Mas pode ter influênciado na Dança Idiana, mas se ver, são mutio diferente, não tem como dizer que é a mesma dança.